Mudança na lei de repatriação gera revolta no setor fiscal

A previsão do Congresso Nacional em aprovar a flexibilização da lei de repatriação que permite a regularização de dinheiro enviado ilegalmente ao exterior gerou revolta da Associação dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco), que ameaça acionar o Ministério Público e o Supremo Tribunal Federal (STF).

A entidade financeira entende que a intenção da Câmara dos Deputados em ampliar os benefícios de quem sonegou revela que o ajuste fiscal serviu apenas de pretexto para justificar a lavagem de um dinheiro de origem muitas vezes ilícita, como corrupção e tráfico.

Entenda mais do assunto clicando aqui!

Categoria: Artigos, Informações, Legislação, Notícias